Namorando minha gravidez

Estou namorando e minha ex ficante está grávida. ... E agora ela diz que eu a abandonei por estar grávida, sendo que ela só descobriu a gravidez depois que eu comecei a namorar e mesmo assim, quando eu optei por dar um ponto final naquela relação, fui muito honesto em dizer que não sentia o mesmo que ela, e que aquilo não passaria de um ... Minha gravidez foi uma que eu escolhi não fazer na frente do mundo. Eu sabia que precisava me preparar para esse papel de uma vida da maneira mais positiva, livre de estresse e saudável que eu ... Tbm tenho 14 anos, e meu pai é muito liberal, tanto q eu moro com ele tem 3 anos, estou namorando a 4 meses, e estou gravida. O problema é minha mãe que é evangelica, e ainda me trata como se eu tivesse 2 anos de idade. mais por outro lado estou feliz em ta esperando esse presente de Deus na minha vida Namorando na gravidez...: Me chamo Ingrid, tenho 20 anos e depois de me descobrir grávida e abandonada pelo pai da minha Rebeca sofri muito, e por consequência achei que minha vida amorosa se encerraria. Mas não foi bem assim... Aos 4 meses de gravidez comecei a me apaixonar pelo meu amigo e depois de um mês próximos de mais decidimos namorar. Os primeiros sintomas de gravidez podem aparecer mesmo antes da mulher desconfiar que possa estar grávida. Na maioria das vezes só percebe os sintomas nos primeiros dias de gravidez quem já está tentando engravidar e faz controle com uso de algum método como temperatura basal ou mesmo apenas por conhecer o seu corpo. Nos primeiros dias de gravidez, os sintomas podem ser bem sutis e passar ... Minha menstruação está totalmente desrregulada fiquei 7 dias menstruada, após 5 dias mestroei de novo, eu não tomo anticoncepcional, todos os meses minha menstruação vem 2 vezes, e tenho minha relações normais, soq dessa vez após os 5 dias mestroei neh e no 2 dia de menstruação eu tive relação com meu namorado, fiz menstruada e ele gozou dentro 2 vezes, isso ontem no caso, hoje ... Separações, novos casais assumindo o amor, revelações de gravidezes e nascimentos estão agitando o mundo dos famosos nessa quarentena. Um dos bebês filhos de famosos que chegou desde o ... 'Quanto a estar namorando e à gravidez, a única coisa que a gravidez vai me impedir de fazer... Eu não vou usar a palavra atrapalhar para nada na minha gravidez porque foi um presente e Deus ... Eu e minha ex namoramos 5 anos, terminamos e cada um de nós teve outro relacionamento. Depois de 6 meses voltamos mas estávamos brigando muito. Porém a um mês atrás, tivemos uma recaída, saímos para jantar e rolou Ela começou a namorar outro cara a uns 15 dias, porém está gravida. O namorado dela disse … Estou namorando grávida sem ser com o pai do bebê. : Eu nunca namorei sério com o pai do bebê e quando eu disse q estava grávida ele não quis saber nem nada, como até hj nem quer saber da minha gravidez. Mesmo grávida conheci uma pessoa em q ele queria algo sério comigo, mas eu disse q estou grávida, contei a situação e disse q não queria algo sério agora nesse momento da minha ...

Sofri um aborto espontâneo ontem

2020.08.25 01:42 queimis Sofri um aborto espontâneo ontem

Só um background da minha história: Eu(F34) e meu namorado(M28) estamos juntos há menos de 1 ano, mas as coisas se moveram muito rápido desde o início.
Começamos a morar juntos em março desse ano e nos mudamos pra uma cidade completamente nova pra mim. Fui forçada (pelas circunstâncias, não por ele) a deixar tudo que eu tinha construído nos últimos 3 anos pra trás pra embarcar nessa aventura. Nos mudamos pra cidade natal dele porque ele recebeu uma proposta de emprego muito boa. Nós dois conversamos muito no início e, depois de resolvermos juntos que relacionamento à distância não era pra nós, eu decidi me mudar com ele.
Eu sempre tomei anticoncepcional/injeção ou usei DIU desde a minha adolescência. Estive em um relacionamento estável por quase 10 anos e nunca nem me preocupei com gravidez, porque, assim como a maioria das meninas, achava que estava segura com a pílula. Há cerca de 1 mês e meio atrás comecei a sentir uns sintomas estranhos e depois de 2 semanas passando mal constantemente e de muitos resultados desesperadores do Google, eu achei que estava doente e deveria ir ao médico. Dois dias antes da consulta, resolvi fazer um teste de gravidez de farmácia, só pra ter 100% de certeza que aqueles sintomas (enjoo, fraqueza, cansaço extremo) não eram por causa de gravidez. Eu tinha 99.9% de certeza que não era, só não queria passar vergonha na frente do médico. Peguei o pauzinho, abri, o xixi encostou e deu positivo. Três testes e muito choro e desespero depois, descobri que estava grávida.
No começo foi um choque. Os dois completamente desnorteados. Depois de uma longa conversa, resolvemos manter a gravidez (graças a Deusa moro em um país em que posso fazer essa escolha livremente). Os dias foram passando e a gente foi amando cada vez mais aquele ser que estava se desenvolvendo dentro da minha barriga. Contamos pra família, todo mundo ficou super feliz. Começamos a planejar o quarto, economizar grana, receber pequenos presentes de amigos. Pensamos até em possíveis nomes pro bebê. Até que as coisas começaram a ficar estranhas. Eu comecei a ter um sangramento que pra mim - apesar de todo mundo dizer que sim - não era normal. Fui no médico, a resposta que eu tive foi a mesma do Google: “é normal ter sangramento no primeiro trimestre da gravidez.”
Voltamos pra casa, vida que segue.
No sábado comecei a sentir cólicas, mas também achando que era tudo normal, fiquei em casa, só fazendo repouso o máximo que dava. Até que no domingo, eu estava deitada e comecei a sentir uma dor descomunal na barriga. Senti um pouco de sangramento descendo, então corri pro banheiro. Quando eu sentei no vaso, foi como se tivesse aberto uma torneira dentro de mim e uma quantidade enorme de sangue e pedaços de tecido começaram a sair. Naquele momento eu soube que estava perdendo meu bebê.
Foi o pior momento da minha vida.
Corremos pro hospital, o sangue jorrando de dentro de mim enquanto eu gritava de dor. Meu namorando acelerando e cortando todos os sinais. Chegamos no hospital e depois de muito remédio pra dor e muitos exames, a médica finalmente veio falar o que a gente já sabia: eu sofri um aborto.
Eu não consigo nem explicar o que senti na hora e o que ainda estou sentindo. É uma mistura entre dor, ódio e culpa que não me deixa em paz por nenhum segundo. Acho que tenho mais ódio sabe? De um Deus que nem sei ao certo se existe que todo mundo me diz pra confiar, mas que prega esse tipo de piada maligna nas pessoas dessa maneira. Eu estava bem antes de ficar grávida, nem pensando em ser mãe pelos próximos 2 anos. Aí veio assim, sem planejamento, no meio de uma pandemia, mesmo eu tomando os cuidados devidos, só pra depois arrancar de mim sem nenhuma explicação? Quem faz esse tipo de coisa? Não consigo imaginar um Deus do amor fazendo esse tipo de coisa doentia.
Meu namorado está do meu lado o tempo todo, me apoiando, mas eu sinto que eu deveria ser forte em alguns momentos, porque ele também está sofrendo. Mas eu não quero e nem consigo ser forte. Só quero deitar na cama e chorar 24 horas por dia.
E agora eu estou aqui nessa cidade que não conheço ninguém, sem minha família ou nenhum amigo por perto pra me dar um abraço, com um buraco imenso no coração e um útero vazio que não para de sangrar.
submitted by queimis to desabafos [link] [comments]


2020.08.01 17:52 Natalia_Richarde2020 O DIA QUE FUI AMEAÇADA DE MORTE PELA EX

oi luba, turma, gatas maravilhosas, papeis assassinados, editores e possível convidado (que quase nunca tem), hoje vou contar minha triste historia de como fui corna e traída por amigos. bom luba essa é a minha primeira vez participando e espero muito que goste da historia.
ps: estou repostando, pq a anterior tinha alguns detalhes faltando e alguns erros de português ( me perdoe se ainda conter alguns), mas sem delongas vamos a historia.
Eu tinha uma amiga e a gente era bem próximas no período do ginásio e aí quando fomos para o 1° ano do colégio (2015) foi quando eu conheci um menino e a gente sempre foi próximos e por mais que ele trocava de turno na escola (por conta de trabalho),mas isso não interferia nossa amizade e nessa época ele começou a namorar essa amiga minha e cara eu shippava eles pra caralho e sempre apoiava e tudo mais, mas quando foi no 3°ano do colégio (2017) eu e esse meu "amigo" ("amigo" pq eu considerava ele mais um irmão) a gente caiu na mesma sala e aí ele sempre me pedia conselhos sobre o namoro pq segundo o que ele me contava, ela era muito infantil no namoro e tinha ciúmes demais e ainda tinha ciúmes de mim e tipo sempre dei conselhos para ele conversar com ela e assim se resolverem e essa amiga minha em vez de chegar em mim e perguntar as coisas para mim, ela simplesmente mandava outras pessoas perguntar sobre minha relação com o namorado dela e bom sempre fui sincera e sempre falei que considerava ele como meu irmão e que eu e ele não tínhamos nada. Mas ela sempre vinha com as criancices e tudo mais e depois dele passar o ano todo nesse chove não molha ele pediu mais conselhos para mim sobre e eu já tinha dado vários conselhos e o namoro deles não melhorava e o mais sensato quando isso acontece é o término (principalmente quando o diálogo não funciona mais) e aí eu falei para ele que se não tinha jeito que ele terminasse com ela, pq eu não queria o meu irmão sofrendo e assim ele fez e nisso começou o inferno, pois, ele começou a ficar com uma outra amiga nossa e ela começou a xingar eu e essa menina para o colégio todo e sempre quando alguém ia tirar satisfação, bom se fingia de que não tava fazendo nada e que os outros queria envenenar ela para nó,s blz os dias foram passando e aí eu e ele começou a ficar mais próximos, pois a gente cantava no mesmo ministério e aí a gente acabou começando a ficar serio e após 1 mês e começamos a namorar e aí a ex dele veio de mimimi para o meu lado sobre ele e dizia que ele amava ela ainda e aí eu contei que a gente tava namorando e tudo mais e que ele já tinha esquecido ela e que era pra ela seguir a vida dela(maldita hora que fui falar isso) essa menina começou a nos perseguir e nesse meio tempo conheci uma menina (meu namorado que apresentou ela)e ela se tornou uma irmã e ela sempre me ajudava em tudo ( guarde essa "melhor amiga/irmã", pois ela é importante), bom essa ex dele começou a nós perseguir e me atormentar e vindo conversar comigo no whatsapp (na maioria das conversas era nós duas brigando) e vinha postando indiretas para mim (e eu como uma boa pessoa retribuía as indiretas, com outras indiretas) e nessa época eu trabalhava e meu namorado sempre ia lá e passava um tempinho lá para me ver, mas teve um dia que ela viu ele lá e foi lá e sentou do lado dele e começou a me provocar tirando fotos dele e postando com legendas fofas e logo depois ela foi na mulher que cuidava do caixa e era amiga dela (essa mulher era bem próxima minha, era quase uma mãe no trabalho, foi ela que me ensinou tudo e me ajudou com tudo sempre, ou seja ela sabia da historia e ela iria me defender e me contar) e essa garota começou a falar que eu tava atrapalhando o namoro dela com ele e falando outras coisas além disso e tentando me envenenar para ela e meio que querendo que eu perdesse meu emprego, mas essa mulher já sabia da verdade e apenas acalmou ela e falou que se ela namorasse ela o pq de quando ele caiu de moto eu que estava lá do lado dele no hospital e não ela e quem cuidou dele foi eu e não ela e outras coisas e nisso ela saiu e a mulher veio conversar comigo e falar o que ela tinha falado e nisso eu comecei a chorar e tudo mais, pois meu psicológico tava totalmente abalado e estava totalmente frustada com tudo ( e também tinha medo dessa menina fazer eu perder meu emprego, pois era meu refugio aquele trabalho e por mais que era difícil lidar com as pessoas, aquele trabalho me fazia esquecer dos problemas em casa e no pessoal) e aí passou um tempo e ela ainda estava atormentando e um certo dia ela veio falar para ele que tava grávida dele (pois eles tinha feito fuc fuc 1 mês antes da gente começar a namorar ou seja, quando a gente estava ficando serio) e aí ele veio até mim e me contou tudo e eu perdoei ele e aceitei ele mesmo tendo um filho com ela e que estaria aqui para ajudar ambos no que precisar e umas horas mais tarde ela apareceu e começou a forçar ele a terminar comigo e ele falava que não ia terminar e ela ficava insistindo e aí eu perdi a cabeça e comecei a discutir com ela no meio da praça e todos olhando (puta vergonha que passei), mas aí como eu vi que ele não estava bem parei de discutir e ele foi conversar com ela e até que conseguiu fazer ela ir em bora e ai ele decidiu não assumir a criança, porém ajudar financeiramente ela e ela não aceitava essa ajuda nossa e fazia altos dramas ( de como ia ser o filho dela sem pai presente e tudo mais) e até que um dia a gente fez ela fazer exame para a gente realmente saber se era verdade a gravidez (como ela tinha uma certa fama de destruir relacionamentos dos outros, a gente foi ter certeza se procedia a história) e aí no dia que eles marcou os exames, meu namorado ia com ela neh, porem ela não esperou ele e tirou sangue sem ele e isso aí já fez a gente suspeitar da procedência do exame (pq o laboratório não era tao confiável), mas aí passou uns dias os resultados chegaram e dizia que ela tava realmente grávida e ainda sim existia a dúvida de ser dele e ela ainda continuava infernizando a gente e aí sempre que eu pedia conselhos para aquela "amiga" minha, ela sempre falava para mim terminar com ele e nunca me apoiava e tudo mais e isso me fez ter um pulga atrás da orelha sobre fidelidade dela (mesmo ela falando que ele não fazia o tipo dela, pq ela pode estar mentindo e a fama dela não era tão boa assim, tanto que tinha vindo pessoas me alertar sobre ela) e comecei a ficar esperta, pq meu namorado sempre que a gente ia sair ele gostava de passar na casa dela e tudo mais (e também comecei a ficar alerta, quando meu cachorro avançou nela, sendo que ele é amoroso e tem teorias de que cachorro tem o sentido de descobrir que não tem boas intenções e isso já me deixou encafifada e também teve um dia que a gente foi na casa dela e eu meio que me senti excluída ) e aí um dia a gente marcou de ir eu, meu namorado e a ex dele para a gente sentar e conversar sobre e bom esse dia chegou e após muita discussão ele me escolheu e ela não queria aceitar e começou a fazer chantagem e ainda mandando indiretas para mim por celular e a gente discutia sempre no whatsapp e aí teve um dia que ele foi por um ponto final e aí ela me ameaçou de morte e tudo mais (pse ele gravou um áudio sem ela perceber e ela me ameaçava e falava que se ela não podia ficar com ele, que eu não ia ficar e que ela poderia ir pro inferno por me matar, mas ela não se importava) e quando descobri isso fique desesperada e com medo e com raiva por ele nunca por um ponto final e tudo mais e isso tava me fazendo perder muito cabelo e eu ter crises de ansiedade, pois estava aguentando essa barra toda sozinha, pois não tinha apoio de ninguém (minha mãe sabia do namoro, porém nunca fui de dividir os problemas com ela e ela amava meu namorado) e aí um dia a ex dele teve um aborto espontâneo e aí ela parou de nós infernizar (esqueci de falar que ela sempre falava que ele só está a comigo para fazer ciúmes nela e tudo mais kkkk sendo que ele odiava ela) e aí a gente começou a ter paz, porém ele começou a ficar mais distante (ele falava que eu era a que tava distante, sendo que eu sempre fazia textinho e ele sempre falava as mesmas coisa que ''ele estava surpreso e não sabia o que dizer'' e demais desculpas esfarrapadas e até gastei 150 reais em uma aliança nova, pois eu tinha perdido a outra numa viagem e cara sempre fazia surpresas eu dava 100% de mim e ele nem 50% dele e isso me deixava muito triste e insegura comigo mesma) e um dia ele foi trabalhar em uma festa e aí ele me traiu com uma outra amiga nossa e ele falou que não foi culpa dele e que a menina que tinha beijado ele e tudo mais (e eu a trouxa perdoei)(esse rolo todo foi em 2018) e aí o ano passou e faltando 2 semanas para acabar fevereiro de 2019 ele me pediu um tempo e nesse período aquela minha "amiga" começou a postar fotos com ele com legendas fofas e tudo mais e era todos os dias praticamente e aí eu me afastei dela e aí nesse período saiu o resultado do meu vestibular e eu consegui passar aonde eu queria e aí eu e meu namorado marcou de conversar e resolver o nosso namoro (pq eu tava quase indo para outra cidade por causa da faculdade) e a gente foi no dia que a gente completava 1 ano de namoro e aí ele chegou deu feliz 1 ano e aí começou a falar que me amava,mas que ele tinha medo de eu ir para outra cidade e trair ele ou conhecer alguém melhor que ele e tudo mais (sendo que qualquer babaca seria muito melhor que ele e serio eu trair ele? esses medo era pq ele era o infiel da relação)e aí ele falou que se eu queria terminar com ele e aí eu falei que seria melhor a gente terminar, pq se pra ele nosso relacionamento a distancia não ia funcionar, então para que continuar e aí ele veio me abraçou e começou a chorar, porém percebi que aquele choro não era muito verdadeiro e aí eu chorei vindo para casa, mas era um choro dele alívio e um pouco triste por ter que contar para minha mãe que a gente tinha terminado, pois como a gente terminou eu estava tranquila que eu não iria sofrer mais e assim iria para outra cidade e não precisarei conviver com aquelas pessoas e aí alguns meses após o término meu ex veio conversar e pedir desculpas por tudo que ele tinha feito e pedir uma segunda chance, pois ele tinha se arrependido de tudo (pq ele tinha namorado e essa menina tratou ele tão mal, quanto ele me tratou e aí ele se deu conta das merdas que ele fez com quem realmente amava ele e que sempre cuidou e quis seu bem), porém após esse término eu comecei a ter mais alto estima e perceber que eu merecia alguém muito melhor e que ele e aí eu naturalmente dei um fora (ele começou a falar coisas do tipo ''você fazia cursinho fora e você acha que eu não iria desconfiar de algo'', insinuando que eu tinha traído ele e eu me estressei e comecei falar e por pra fora tudo e ai ele viu o quão errado ele estava) e uns dias depois um amigo meu veio me contar que esse ex meu tinha ficado com essa "amiga" minha um pouco depois que a gente terminou e eu fui e perguntei para ele e ele me confirmou e aí eu cortei minha amizade com aquela "amiga" e aí ele queria continuar a amizade comigo e eu aceitei, porém sempre fui fria e aí ele veio reclamar que eu não era a mesma e que eu estava fria com ele e aí eu falei que depois de tudo ele queria ainda que eu fosse igual com ele e fingisse que tava tudo ok e aí ele parou de falar comigo, por atualmente eu já os perdoei e queira que ele sejam feliz, contei para minha mãe os reais motivos de eu ter terminado com ele uma semana depois de ter me mudado para outra cidade, pq eu não tinha coragem de contar cara a cara e aí lubinha atualmente eu encontrei alguém que realmente me ama e me valoriza do jeito que sou e sempre me anima e sempre está disposto a tudo por mim, tanto que foi ele que me apoio a vir contar para você essa historia (eu e ele te assiste e então sempre que a gente joga a gente usa algumas frases suas), bom lubinha tenho algumas prints das conversas e queria muito poder deixar aqui para você ver, mas não sei como faz para colocar kkkk, a já ia esquecendo de contar que essa ex namorada dele sempre tentava fazer meu amigos se virarem contra mim, porem não conseguiu e então é isso lubinha essa é minha historia de quando fui traída em um relacionamento e em amizades . bjs lubinha e obrigada por todas as noites de diversão que você me proporciona (principalmente com o quadro nice mendigos e sempre coloco eles quando estou com crise de ansiedade ou insonia, pois me ajuda a acalmar e dormir) e caso queira julgar quem foi o babaca da historia pode ficar a vontade (apesar de eu achar que todos foram kkkkk). é isso lubinha,bjs e desejo todo o sucesso do mundo para você, seus editores e turminha. então é isso bjs lubinha, amo você.
submitted by Natalia_Richarde2020 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.07.16 03:51 AnnaLuisa1371 Minha prima está sendo babaca por não querer que seu futuro filho conheça a sua avó homofóbica?

Olá Luba, editores, gatas e turma que está ha ver, essa história que vou contar aconteceu com minha prima, eu perguntei se podia postar aqui e ela deixou. A minha prima se assumiu bissexual quando tinha 17 anos, mais como na época ela tinha um namorado a família não levou a sério, tratou como se fosse apenas uma modinha adolescente. Um tempo depois quando ela terminou com esse namorado ela começou a namorar uma garota, quando ela foi falar prós pais que estava namorando com uma garota eles surtaram e disseram que não queria conhecer a namorada dela e que ela tinha uma semana para acabar com essa história de gostar de garotas se não ela seria expulsa de casa, ela falou que não ia terminar com a namorada dela então ela veio morar aqui em casa, minha mãe foi a única tia que aceitou minha prima. Uns anos se passaram e a minha prima estava noiva e esperando um bebê, a mãe dela ficou sabendo pela internet que ela tava grávida e foi visitar ela, quando ela chegou a primeira coisa que ela fez foi abraçar a filha dizendo que ela sabia que tudo aquilo de ser bissexual era só uma fase e que ela estava ansiosa pra conhecer o primeiro neto dela, minha prima empurrou ela e disse que ela ainda era bissexual e que ela nunca conheceria o neto dela. A mãe tentou se atualizar da gravidez da minha prima mas nós não falamos nada. Me digam, vcs acham que minha prima está sendo babaca por não deixar que a mãe dela conheça o seu primeiro neto?
submitted by AnnaLuisa1371 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.06.29 22:07 silvestrelane6 Sou babaca por esconder a verdade do meu ex?

Oi Lubinha, editores, turma/chat, possíveis convidados e planeta Terra. Tudo começou quando eu comecei a ficar com esse cara. Ele era amigo da minha prima e foi ela quem nos apresentou. Ficamos por um tempo e então começamos a namorar. Com 1 mês de namoro a ex dele procurou ele para conversar mas ele se recusava a falar com ela pq segundo ele, não tinham uma boa relação e tbm não tinham nenhum assunto pendente. Mesmo assim eu insisti que ele deveria ouvir oq ela tinha a dizer e até brinquei dizendo "Vai que ela tá grávida?". Pois bem, quando ele finalmente falou com ela, descobrimos que ela estava grávida e logo depois recebemos a notícia de que seriam gêmeos. A partir do 6° mês de gravidez ela começou a insistir de que eles deveriam voltar, pq eles teriam dois filhos juntos e que eu só estava tomando o tempo dele. Ela teve uma complicação na gravidez e teve que ir para outra cidade pq aonde moramos não tem um hospital adequado para gravidez de risco. Ele foi junto com ela e ficou lá com ela, morando com ela pq ela não tinha parentes lá. A partir daí ela sempre pegava o celular dele e me mandava mensagens se passando por ele e me bloqueando, até que depois que completamos 8 meses juntos, eu já não aguentei mais isso e terminei com ele. Nunca contei para ele o que ela fazia na época pq tinha medo de ele achar que eu estava inventando por ciúmes e pq não queria que eles tivessem uma relação ruim por causa das crianças. Meu ex hoje é meu "amigo", mas sempre diz que não consegue ser apenas um amigo. Eu estou namorando outra pessoa a quase 2 anos. Meu ex até hoje não sabe o verdadeiro motivo para o fim do nosso relacionamento, pois eu inventei que apenas não sentia mais nada por ele por causa da distância. Sou babaca por ter omitido o verdadeiro motivo para o fim do namoro?
Obs: hoje em dia eles ainda moram juntos e voltaram a morar na minha cidade, infelizmente um dos gêmeos morreu no parto.
submitted by silvestrelane6 to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.22 18:15 dentinho_top Sou babaca por preferir morar com minha irmã e odiar minha mãe?

Bem vou falar um pouco de antigamente para criar o contexto ok. Moramos eu, meu pai, minha mãe e minha irmã tudo junto, e minha mãe sempre briga com nós (claro qe as vezes é normal mas as vezes nao) ela acaba brigando com nós por motivos bobos e as vezes até sem nada ter acontecido, quando isso chega a um nível de ter qe chamar minha vó (mãe dela) é não estamos conseguindo acalmar ela, sempre quando chamamos minha vó para ve se consegue acalmar ela minha vó simplesmente passa a mão na cabeça dela falando qe ela está certa e tals. Como minha vó fez isso a vida inteira minha mãe acabou ficando "mimada" no quesito de "eu quero isso é ponto final" e as vezes é difícil de viver junto dela pq não podemos fazer nada qe queremos sem ela tbm querer.
(Isso foi na segunda a tarde)Bem agora qe contei um pouco vou começar a falar, como ja disse moramos tudo juntos e so trabalha meu pai e minha irmã, minha irmã tem 20 anos e trabalha em uma empresa de frango, la ela conheceu um rapaz e foram se conhecendo e tals até eles criarem um laço de amor, eles começaram a namorar escondido (até pq minha mãe nunca aceitou nenhum namorado da minha irmã mesmo ela ja sendo de maior) então eles foram namorando e um dia eles descuidaram naquela hora e tals e parece qe ela está grávida, então o menino foi em casa se apresentou, falou onde trabalha, fez faculdade e o mais importante falou qe ama minha irmã e quer assumir a criança. Meu pai concordou aceitou o namoro e falou que se precisar de ajuda ele está aqui, minha mãe tbm aceitou na hora mas ficou falando que esta a decepcionada com minha irmã (até que por um lado eu concordo por ela ficar assim pq deve ser um baita de susto descobrir) quando o menino foi embora e meu pai foi trabalhar descidimos ir na casa da minha vó (mãe dela) quando estávamos chegando la minha mãe simplesmente mudou de jeito e começou a falar novamente qe estava decepcionada, perguntava pq não tinha contado, se ela era um monstro e tals. Quando chegamos na casa da minha vó ela começou a chorar falando qe minha irmã tinha feito burrada qe ela ia parar de estudar (em nenhum momento minha irmã falou isso) qe essa criança ia ser uma aberração e mais um monte de baboseiras, minha vó como sempre passou a mão na cabeça e conseguiu acalmar ela e depois de um tempo nos três fomos embora, chegando em casa ela virou de face de calma ela virou para brava, ela começo começo fazer as mesmas perguntas novamente começou começou querer bater na minha irmã e até tentou se matar, nessa hora eu liguei para minha vó para nós ajudar então desceu ela minha tia e meu tio para ajudar, quando chegaram aqui ela fingiu que estava com as coisas no corpo falava que nós tínhamos machucado ela qe ela ia se matar, daí todo mundo tentou ajudar ela a se levantar mas ela não se ajudava e ficava se jogando no chão ou ficava enfrentando minha tia (sendo qe a mesma tem pavil curto) até que em um momento de briga briga elas começaram a se bater e tivemos que tentar separar, com esse briga briga minha tia e meu tio foram embora por causa da raiva deixando apenas minha vo, minha mãe fazendo o seu Teatro igual como faz sempre fingiu que tomou um remédio falando que ia se matar, como ela ja fingiu fazer isso várias vezes nem nos importamos, minha vó subiu para a casa dela e tivemos qe entrar. Eu e minha urma dormimos no mesmo quarto então estávamos juntas, minha mãe foi no nosso quarto fingiu estar grogue(realmente tava para perceber qe era fingimento) e depois de tava falacao ela foi sentou na cama da minha irmã e simplesmente começou a apertar a barrigada da minha irmã para ela perde a criança, quando ela apertava minha mãe falava assim "-Você vai perde essa criança e não vai precisar casar com aquele cara", minha irmã percebendo a situação tentou se defender e eu tive que intervir no meio(o que não adiantou nada ja que ela tem 80kg e eu simplesmente tenho 14 anos e uns 54kg) então minha irmã simplesmente gritou falando para eu ir na vizinha pedir ajuda, e eu fui correndo pedir ajuda, quando os vizinhos me atenderam foram até minhba casa e tiraram minha irmã de lá, eu levei ela até na casa da minha vó pedindo ajuda pois minha irmã chorava de dor na barriga, enquanto os vizinhos ficaram na casa com minha mãe. Quando chegamos na casa da minha vó meus tios levaram ela pro hospital e fiquei com meus avôs, até que não demorou muito ela chegou irritada me chamando para ir embora, eu apavorada falava qe não e meus avós tentava acalmar ela é me acalmar, não demorou muito e minha irmã chegou um pouco mais calma junto com meus tios, e minha mãe ja foi logo de unha e dente reclamar pq levaram ela pro hospital e novamente eles começaram a brigar, meu avô tem asma e começou a passar mal e eu tive qe ajudar ele a fazer inalação ou se não teríamos qe ir no hospital novamente, quando finalmente ela desceu embora minha vó arrumou um colchão para nós dormir ja qe era uma base de 10 da noite, mas quando pensávamos qe tudo tinha acabado estávamos erradas pq novamente ela subiu falando para irmos embora se não iríamos chamar o meu pai (o mesmo ja sabia de tudo mas não podia ir la ja que estava na roça) quando falávamos que não íamos ela saía e descia embora é não demorava 20minutos ela voltava falando a mesma coisa, ela fez isso umas 4 vezes e falava a mesma coisa, até qe resolvemos ir pq se não meu vô novamente iria passar mal, quando chegamos fomos para nosso quarto e ficamos juntas, minha mãe ao invés de se acalmar não ela começou a preprarar um monte de chá abortivo para minha irmã tomar, eu queria muito pode intervir mas não podia fazer nada então eu via minha irmã tomando contra sua vontade e vomitando, quando ela tomou tudo nesse meio tempo ja era umas 04 da manhã e meu pai ainda não tinha chegado, não dormimos por medo dela fazer algo a mais e esperamos meu pai chegar. Quando foi 06 da manhã meu pai chegou e foi tomar banho ( ele ja sabia oq tinha acontecido ja qe eu avisei ele) então como ja estava amanhecendo minha mãe faoou para minha irmã se arrumar para ir no hospital fazer o teste de gravidez, então nos arrumamos e fomos nos quatro, quando chegamos eu e meu pai ficamos no carro(ja que estávamos sem máscara) e as duas foram, assim qe elas sumiram de vista contei tudo para meu pai e ele apoiou nos e falou qe se ela não mudasse o jeito de pensar ela ficaria sem ninguém. Quando elas voltaram fomos para a casa é novamente fomos para o quarto, meu pai foi no banheiro e minha mãe achando que ele tinha saído entrou no quarto com um pau de vassoura e fechou nosso quarto(nossa porta não tranca então ela so enconstou) ela foi seca para bater na minha irmã e eu falava assim "-para que esse pau mãe? Pra que vc trouxe o pau?" Para alertar meu pai e nos ajudar, então quando minha mãe deu a primeira paulada na minha irmã meu pai entrou no quarto e entrou na frente (ele nunca bateu na minha mãe apenas entra na frente e deixa ela bater nele) então minha irmã com medo resolveu arrumar suas coisas, ela pegou sua cobertar e abriu ela é colocou um monte de roupas, amarramos ela e fomos pegar suas bolsas, meu pai conseguiu tirar ela até na sala oq foi bom ja que podíamos sair do quarto, minha irmã então olhou para meu pai e pediu chorando se podia sair de casa, meu pai simplesmente falou um sim, então foi eu e minha irmã com as roupas, subimos na casa da minha vó mas nos escondemos na casa da vizinha (na qual ela nunca saberia) a vizinha na hora deixou nos entrar e nos acalmou. Não demorou muito e minha mãe apareceu na casa da minha vó procurando nós é começou a xingar, gritar, brigar e foi literalmente o dia inteiro assim quando não brigava na casa da minha vó ia na casa do menino xingar ele. No outro dia(quarta-feira dia 20 agora) fomos na casa da minha vó pois como yenho 14 anos sou de menor e minha mãe tinha chamado o Conselho tutelar, comemos um pouco e fomos para o Conselho, quando chegamos estava minha mãe e meu pai e sentamos eu minha irmã e minha vó, começamos a discutir e a falar e no final não resolveu em nada. Então fomos embora, chegando la na casa da minha vó novamente deu a briga e meu vô a passar mal, eu simplesmente comecei a gritar com minha mãe pois meu vô começou a chorar ( e eu nunca vi ele chorar e isso realmente fez meus nervos subirem em um nível qe eu nunca vi) enquanto eu afastava ela do meu vô minha tia insistia nele ir no médico ver a pressão dele e a diabete dele. Até que ele aceitou e foi meu tio eu minha irmã e ele. Quando chegamos la ele novamente chorou enquanto média a pessao e a diabete dele, sua pressão não estava muito alta mas sua diabete estava a 290 (um nível muito alto mesmo), quando voltamos ela ainjda estava la brigando, e quando ela viu como estava a diabete do meu vô começou a falar que era por causa de bala( meu vô chupa e tals mas ele sabe quando pode e quando não pode) em momento nenhum ela pensou qe ela estava matando meu vô aos poucos. Até que por um milagre ela conseguiu se acalmar e tudo acalmou então almoçamos(menos ela) e descansamos, mas ela continuava a fala para irmos embora é tivemos que ir. Chegando la ela ficava perguntando aonde tínhamos dormido e eu falava que foi na casa de uma amiga chamada Júlia de outra cidade (ja qe eu não podia falar que foi na vizinha se não iria ser pior) e ela passou o dia inteiro fazendo as mesmas perguntas, chorando ou fingindo, pegou meu celular e ligou para um monte de Júlia até que em um momento ela bebeu veneno que fica na dispensa do meu pai e começou a falar qe estava com dor de cabeça. Então preocupadas tivemos qe chamar minhha tia para levar ela pro hospital ja que meu país estava trabalhando a noite. Chegamos la apareceu todo mundo meus avós, minha tias e meus tios, ela chegou ficou la até na Quinta feira dia 21, eu e minha irmã dormimos na casa da minha vó e quando acordamos ela ja estava la, aparentemente mais calma, então nos almoçamos depois e descemos em casa, ela estava mais calma e fingia qe não se lembrava de nada, chegou a noite e eu resolvi não dormi ja que eu tinha medo dessa "onda de calmaria" passase e ela tentasse fazer algo novamente, então eu e minha irmã revezamos o sono, eu fiquei até umas 03 da manhã eh minha irmã o resto. E aqui estou na sexta feira com ela um pouco calma mas esperta ainda, minha irmã está com marca roxa na barriga e eu saí sem marca roxa mas meu psicológico está totalmente acabado, estou com medo de dormi aqui em casa e com medo dela, sei que tudo bem ela ficar magoada por causa do namoro mas acho qe ela não tinha capacidade de fazer oq ela fez.
Então, eu sou babaca por preferir morar com minha irmã(se ela me convidar) e ter ódio da minha mãe por ela ser assim tão mimada a um nível qe ela irá ficar sozinha?
¤desculpe se ficou grande é pq foi literalmente 4 dias acontecendo isso e eu precisava saber. Se vcs quiserem que eu continue informando vcs me falem pois eu ainda acho que essa calmaria dela vai ter um fim e irá começar novamente a mesma coisa...¤
submitted by dentinho_top to TurmaFeira [link] [comments]


2020.05.07 04:34 PossivelmenteNormal Sinto que a vida geralmente está me levando e eu não tenho controle sobre ela

Especialmente no campo dos relacionamentos. Desde os 20 anos venho namorando muito. Por característica minha, consigo conversar bem com as mulheres e desconto um pouco da minha eterna baixa auto-estima, o que faz com que eu consiga ter relacionamento com pessoas legais.
Só que de repente eu me vejo sendo levado na direção que não quero e agora, com mais de 30, tenho medo de mudar a minha vida. Estou num relacionamento de quase 2 anos, morando com uma pessoa com quem dividia o sonho de ir morar fora do país no começo do ano que vem. Tudo mudou com o covid e agora estamos fazendo planos mais "longo prazo", tipo financiar um carro ou até construir casa. Pior é que eu até estou numa fase de me interessar por isso e por filhos também mas ela tem um sério problema de saúde que torna a gravidez problemática e perigosa.
De qualquer forma, tenho ficado cada vez mais cansado dentro da relação. Ela é uma pessoa excelente, bom coração, uma companheira única mas diversas vezes já me perguntei por que é que estou com ela por que eu, na verdade na verdade, nunca me senti extremamente atraído por ela e nosso relacionamento foi acontecendo como uma sucessão de encontros e fomos acontecendo.
Pra piorar, na mesma época que comecei a sair com ela eu tinha saído com uma mulher de uma cidade a cerca de 1 hora da minha. Eu gostava muito de falar com ela, era simpática e tudo mais mas quando cheguei lá vi que ela era bem mais gordinha do que falava e do que as fotos mostravam. BEM MAIS. Ainda sim fiquei lá com ela, não por dó ou "pra não perder a viagem" e sim porque a conversa foi agradável e me senti a vontade pra isso, mas resolvi não investir na relação. A achava bonita, uma ruiva muito bonita, mas não era meu tipo físico e também tinha uma filha. Ou seja, um pacote caro demais pra mim. Recentemente a vi no instagram 47kg mais magra e primeiro me senti um lixo por dispensar ela considerando ser gordinha um dos motivos e depois por imaginar que uma mulher daquelas (absolutamente deslumbrante) já tinha sido apaixonada comigo.
Entrei no Tinder mas estou com nome falso em cidades longe. Não levo adiante nem faço promessas mas conversar com gente diferente me faz sentir melhor. Ao mesmo tempo eu lembro dos tempos de solteiro em que eu tinha relações meramente físicas (o que eu odeio) ou ficava sozinho, geralmente bebendo demais.
Não consigo pensar em mim mesmo nesse momento como outra coisa a não ser um barco sem motor, no meio de um oceano turbulento, sendo levado pela maré, sem força pra mudar e sem remos pra trocar o curso.
submitted by PossivelmenteNormal to desabafos [link] [comments]


2020.02.08 17:22 03645721240 Não sei se já postei isso aqui

Meu celular desligou na hora que eu ia posta isso que eu acho que estou repostando.
Há alguns meses atrás a gata do meu namorado teve quatro filhotes, quando ela estava grávida eu estava no começo da minha gravidez, ela teve os filhotes e assim que nasceram meu namorado disse que, ia dar um jeito de achar pessoas que os adotassem, passou uns meses e nada, ele não encontrou ninguém, aqui em nossa cidade não tem ONGs que pegam esses animais, de uns tempos para cá minha vida tem sido um inferno, nós já jogamos uniformes, roupas, porque eles faziam coco em todos os lugares o que é muito perigoso para mim, afinal eles podem passar toxoplasmose para o bebê e ele pode nascer cego.
Efim, agora resumindo, porque se eu for falar todas as situações estressantes não vai ter mais linhas. Estou no meu oitavo mês de gestação, a gata engravidou e teve mais quatro filhotes, ao todo são 10 gatos na minha casa, contando com mais uma que é castrada e tem mais uma cadela.
Além disso, não posso ter um segundo de paz, se eu passar o dia todo dando comida para eles, eles querem comer o tempo todo, eu dou muita comida para eles, mas na hora de almoçar eles ficam em cima, eu cozinho e tenho que aguardar logo a comida se não eles avançam nas panelas e também vivem rasgando o lixo, tudo de boas para meu namorando, afinal não é ele que limpa a sujeira deles.
Já jogamos um colchão de casal fora (Não tínhamos cama, dormiamos no chão) e eles também já acabaram com um colchão de solteiro que é o qual nós dormimos hoje, fizemos uma limpeza total no colchão antes de usa-lo .
Enfim, tenho 8 meses de gestação, não comprei um presente pro meu bebê porque eles nos fazem gastar todo nosso dinheiro, não consegui ninguém para ficar com eles, eu sinto que vou surtar a qualquer momento porque eles me estressam muito, eu amo gatos, mas tudo que penso é em matar cada um deles, essa situação não dá, eles fazem da minha vida um verdadeiro inferno, tem horas que sinto que vou virar uma psicopata de tanto ódio que tenho e para piorar os outros que são bebês já estão ficando grandes.
Obrigada por me ouvirem, eu não aguento mais essa vida, eu não durmo eu só vivo para ter que aguentar essas criaturas ,essa noite comprei carne e a embalagem da carne eles espalharam pela casa toda, depois de ter desfiado em mim partes. Eu não suporto mais isso.
Sujam tudo o tempo todo, eu não posso receber visitas em casa, o corredor, todos os lugares estão cheios de coco de gato e não posso comer nada que eles ficam em cima de mim, miando como uns mortos de fome, as vezes, final do mês, não temos o que comer, porque gastamos tudo com eles, a casa vive suja e bagunçada porque é cansativo limpar tudo o tempo todo, e eu estudo e faço bicos.
submitted by 03645721240 to desabafos [link] [comments]


2018.10.04 17:07 HenrySaade O que você faria?

Hoje estou numa situação super complicada, tenho 20 anos, conheci uma menina no início do ano e nos envolvemos, estamos namorando, ela era no início maravilhosa, digna de uma princesa, carinhosa, afetuosa, sensível, em maio descobrimos que ela estava grávida, porém algumas semanas antes ela havia começado a mudar, começou a ser estúpida, grosseira e muito insensível. Eu odeio brigas, discussões, ofensas, mas ela parece adorar, pensei que a mudança fosse em função da gravidez mas segundo a mãe dela, ela sempre foi assim. Tentei conversar diversas vezes, a única coisa que ela faz é ficar em silêncio ouvindo, não responde nada, não me olha e não pede desculpas(de nada), hoje estamos em um ponto crítico, eu não aguento mais, ela sempre fica agindo como se não ligasse pra nada, ela fica braba por qualquer coisa que não sai como ela quer, então ela fica o dia todo me ignorando e sendo grosseira comigo, fica fazendo coisas pra implicar ciúmes tipo tirar a blusa na frente da janela aberta e posta fotos de sutiã no status. Moramos eu e ela na casa de minha mãe, mas a convivência está horrível. Muitos dirão pra eu ameaçar terminar, mas isso não funcionará pois ela sempre tenta demonstrar o máximo que não liga pra eu, ou pra terminar, mas teremos um neném, em fevereiro e tenho certeza que ela vai ser aquele tipo de mãe que usa a criança pra magoar e incomodar o pai. Descobri um lado horrível dela, ela não me dá carinho, não me dá nada de conforto, nem apoio, sempre é grosseira, fica braba com pequenas coisas e diz coisas horríveis pra magoar e o pior, não pede desculpas nunca. Em contrapartida, eu dou tudo isso pra ela, dou carinho, dou apoio, conforto, faço todas vontades dela, sempre penso nela antes de mim, mas não aguento mais. Tenho duas opções, termino e aguento a loucura dela através da criança, ou aceito que minha vida é uma droga e meu sonho de família se acabou e lido com esse inferno que é viver com ela. Vocês podem me ajudar? :( Socorro, por favor.
submitted by HenrySaade to desabafos [link] [comments]


ESTOU GRÁVIDA! - LO RESPONDE - YouTube Descobrindo minha gravidez ♥️ GRÁVIDA? MINHA GRAVIDEZ [REAL] - YouTube A PRANK de Gravidez da Minha Namorada que CORREU HORRIVELMENTE ERRADO SESSÃO DE FOTOS COM MINHA FAMÍLIA. *fotos da gravidez da minha namorada*♥️ Sobre minha gravidez. MINHA EXPERIÊNCIA NAMORANDO AMERICANOS ESTOU NAMORANDO COM MINHA 'IRMÃ'!! - OLHA A REAÇÃO DA ... LARISSA MANOELA REVELA SE ESTÁ OU NÃO GRÁVIDA DO NAMORADO ... TROLLEI MEU NAMORADO DIZENDO QUE TO GRAVIDA E QUERO ...

Estou namorando e minha ex ficante está grávida - Desabafa

  1. ESTOU GRÁVIDA! - LO RESPONDE - YouTube
  2. Descobrindo minha gravidez ♥️
  3. GRÁVIDA? MINHA GRAVIDEZ [REAL] - YouTube
  4. A PRANK de Gravidez da Minha Namorada que CORREU HORRIVELMENTE ERRADO
  5. SESSÃO DE FOTOS COM MINHA FAMÍLIA. *fotos da gravidez da minha namorada*♥️
  6. Sobre minha gravidez.
  7. MINHA EXPERIÊNCIA NAMORANDO AMERICANOS
  8. ESTOU NAMORANDO COM MINHA 'IRMÃ'!! - OLHA A REAÇÃO DA ...
  9. LARISSA MANOELA REVELA SE ESTÁ OU NÃO GRÁVIDA DO NAMORADO ...
  10. TROLLEI MEU NAMORADO DIZENDO QUE TO GRAVIDA E QUERO ...

O DIA QUE DESCOBRI MINHA GRAVIDEZ!!! + reação da minha família - Duration: 17:37. Júlia Bugança 40,228 views. 17:37. Odd Man Out S1 • E7 6 Trump Supporters vs 1 Secret Hater - Duration: 10:14. No vídeo de hoje falarei uma última vez, por hora, sobre minha gravidez. Espero que entendam e respeitem esse momento nosso. ----- Se inscreva no canal, ative o sininho e deixe seu like! Nunca ... Oi galera, nesse vídeo eu respondo algumas perguntas POLEMICAS de vcs. Então se vcs gostam desse tipo de vídeo deixe seu LIKE. É SÓ UMA TROLLAGEM...ABORTO É CRIME!!!! Se INSCREVAM no canal ♥ Ative o 'sininho' de notificações pra receber os próximos videos! Redes Sociais: INSTAG... voces pediram tanto trollagem dizendo que estou namorando com minha 'irmÃ'!! - olha a reaÇÃo da minha mÃe ( trollei minha mÃe ?) #trollei #trollagem #trolei ... OI OI MEUS LAMBEDORES, mais um vídeo saindo do forno. Falar que tá grávida NUNCA é tranquilo. Bom, estou contando um pouco sobre a minha gravidez ai! Espero ... MINHA experiência pessoal namorando gringos. Foi bom, foi ruim? Vem saber nesse vídeo! ... DIÁRIO DA MINHA GRAVIDEZ NOS ESTADOS UNIDOS! EP 1. - Duration: 11:27. BRASIL NA AMÉRICA 409 views. New; Enjoy the videos and music you love, upload original content, and share it all with friends, family, and the world on YouTube. Galera esse foi uma sessão de fotos que meu amigo deu de presente pra nós, e quis compartilhar com vocês, espero que gostem. VALEU TMJ SE INSCREVA NO CANAL GALERA Me siga no Insta ... INSCREVE-TE: https://cutt.ly/VeAK2kK Pessoal, desta vez a minha namorada fez uma 😝prank de 👶 gravidez que correu 😨 horrivelmente mal!! 😝 Twitter https://tw...